minha-irmã

(Resenha) Annabel Pitcher – Minha irmã mora numa prateleira

Sinopse

Jamie Matthews tem 10 anos de idade e uma família desintegrada por uma tragédia: aos cinco, sua irmã gêmea foi morta num ataque terrorista em Londres. De lá pra cá, sua mãe saiu de casa, seu pai bebe cada vez mais, sua irmã mais velha se transformou numa típica adolescente rebelde. Em meio ao luto e ao clima de ódio e ressentimento que Jamie sequer entende muito bem, ele encontra numa amiga de origem islâmica a companhia e o afeto de que precisa. Livro de estreia de Annabel Pitcher, Minha irmã mora numa prateleira recebeu resenhas elogiosas de publicações de prestígio na Grã-Bretanha como o Guardian e o Telegraph.

Continuar lendo

cinema

Delírios & Adaptações – Top 10 Adaptações 2016

Eu sei, eu sei… essa postagem está meio atrasada, mas antes tarde do que nunca! Todo início de ano é a mesma estória, é chegado o momento de começar a calcular qual será o prejuízo causado pelos nossos filmes mais aguardados. E para nós, leitores, a situação é ainda pior, já que muitas vezes esperamos anos pela adaptação de um livro muito amado, só para descobrir que ninguém envolvido no processo leu o livro e que mais uma vez conseguiram estragar tudo.

Então, resolvi fazer um Top 10 com as adaptações literárias mais esperadas desse ano.

Continuar lendo

azul 2

(Especial) – Novembro Azul Literário

O Delírios & Livros vem mais uma vez apoiar uma linda campanha, dessa vez a do Novembro Azul, para conscientizar os homens na prevenção e diagnóstico precoce do Câncer de Próstata. Todos sabemos que muitos homens ainda são muito preconceituosos com o exame e por isso temos que reforçar através dessa campanha o quão imprtante é fazer esse exame para o homem após os 40 anos. Para trazermos a campanha para literatura as integrantes do blog resolveram indicar livros que leram e recomendam de capa azul.

Segue então nossas indicações com capa, sinopse e uma frase marcante da leitura.

Continuar lendo

Capa-Brochadas

(RESENHA) BROCHADAS – JACQUES FUX

Sinopse: “Tudo aqui é verdade, exceto o que não invento”, adverte Jacques Fux, em forma de epígrafe, em Brochadas. Em sua estreia na Rocco, o autor mineiro, ganhador do Prêmio São Paulo por seu primeiro romance, Antiterapias, mistura as fronteiras entre ficção e realidade para narrar uma “Ilíada da impotência”, remontando ao passado da humanidade e a suas próprias origens em busca de respostas culturais, biológicas, místicas, artísticas e etimológicas para o funcionamento ilógico do pênis. Ao lado da erudição, caminha um humor judaico surpreendente, que perpassa toda a narrativa, costurada pelas lembranças dos amores passados do protagonista e pelos e-mails trocados com suas ex-namoradas. Um romance original que joga com os conceitos de metalinguagem e autoficção e tece uma análise irônica do “eu” na literatura.

Continuar lendo

capa-as-vantagens-de-ser-invisivel

(RESENHA) AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL – STEPHEN CHBOSKY

Sinopse: “Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.

As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Continuar lendo

Resenha-Luva-Vermelha

(Resenha) Luva Vermelha – Holly Black

Sinopse: Após resgatar os irmãos das garras de Zacharov, Cassel tenta restaurar alguma normalidade em sua vida. É uma tarefa nada fácil para alguém que traz a herança dos mestres da maldição e está vinculado a uma das maiores famílias do crime. Mas Cassel afinal começa a descobrir como ser um mestre e mesmo assim ter amigos. Porém, para ele, o que é normal nunca dura. Em pouco tempo, Cassel é requisitado pelos dois lados da lei e se vê forçado a confrontar seu passado – de que recorda apenas fragmentos, um dos quais pode inclusive destruir sua família e seu futuro. Ele terá que decidir de que lado vai ficar, porque a neutralidade não é uma opção. E precisará desferir o maior golpe de sua vida para sobreviver…

Continuar lendo

banner-gata-branca

(Resenha) Gata Branca – Holly Black

Sinopse: Cassel vem de uma família de mestres da maldição – pessoas que têm o poder de mudar emoções, memórias e destinos com o mais leve toque das mãos. Mas fazer isso é ilegal, o que significa que todos eles são criminosos. Exceto Cassel. Ele não tem o toque mágico, está de fora: é o único filho normal em uma família paranormal. O único detalhe é que matou sua melhor amiga. Tentando fugir de seu terrível passado, Cassel faz de tudo para ser como os outros garotos. Uma noite, porém, tudo vai por água abaixo: depois de sonhar repetidas vezes com uma estranha gata branca, um ataque de sonambulismo o põe em perigo e ele começa a achar que seus irmãos estão escondendo mais do que alguns segredos. Desconfiado de que não passa de uma pequena peça de um grande golpe, Cassel começa então a fazer uma busca em seu passado e em suas memórias, que parecem lhe fugir. Para desvendar os mistérios de sua vida, ele vai precisar armar um verdadeiro golpe de mestre.

 

Continuar lendo