capa

(Te Indico) – Especial Literatura Japonesa

Olá pessoal,

Venho hoje mostrar a vocês um pouco da maravilhosa literatura japonesa que tanto influencia várias estórias em todo o mundo. Vou contar um pouquinho de uns livros que eu já li. Cada vez que leio um livro japonês eu fico mais apaixonada. Se você tem o costume de ler apenas livros americanos ou brasileiros eu recomendo que se aventure a ler obras de outras partes do mundo e garanto que vocês irão se surpreender e enriquecer seus conhecimentos e cultura. Esse será o primeiro post sobre livros de outras culturas, estarei falando mais para frente de outras nacionalidades que tenho apreciado a literatura.

Continuar lendo

Metamorfose-Capa

(RESENHA) A METAMORFOSE – FRANZ KAFKA

Sinopse: A Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. Sem a menor cerimônia, o texto coloca o leitor diante de um caixeiro viajante – o famoso Gregor Samsa – transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana – tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal.

Continuar lendo

O-gigante-enterrado-capa

(Resenha Dupla) Kazuo Ishiguro – O Gigante Enterrado

Sinopse

Uma terra marcada por guerras recentes e amaldiçoada por uma misteriosa névoa do esquecimento. Uma população desnorteada diante de ameaças múltiplas. Um casal que parte numa jornada em busca do filho e no caminho terá seu amor posto à prova – será nosso sentimento forte o bastante quando já não há reminiscências da história que nos une?
Épico arturiano, o primeiro romance de Kazuo Ishiguro em uma década envereda pela fantasia e se aproxima do universo de George R. R. Martin e Tolkien, comprovando a capacidade do autor de se reinventar a cada obra. Entre a aventura fantástica e o lirismo, “O gigante enterrado” fala de alguns dos temas mais caros à humanidade: o amor, a guerra e a memória.

Continuar lendo

capa-odiadocuringa

(Resenha) Jostein Gaarder – O dia do curinga

Sinopse:

“Você já pensou que num baralho existem muitas cartas de copas e de ouros, outras tantas de espadas e de paus, mas que existe apenas um curinga?”, pergunta à sua mãe certa vez a jovem protagonista de O mundo de Sofia.

Esse é o ponto de partida deste outro livro de Jostein Gaarder, a história de um garoto chamado Hans-Thomas e seu pai, que cruzam a Europa, da Noruega à Grécia, à procura da mulher que os deixou oito anos antes. No meio da viagem, um livro misterioso desencadeia uma narrativa paralela, em que mitos gregos, maldições de família, náufragos e cartas de baralho que ganham vida transformam a viagem de Hans-Thomas numa autêntica iniciação à busca do conhecimento – ou à filosofia.

O dia do curinga é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única e ainda mais fantástica – e que só pode ser feita por um grande aventureiro: o leitor.

Continuar lendo

Resenha-O-Mundo-de-Sofia

(Resenha) O mundo de Sofia – Jostein Gaarder

Sinopse: O Mundo de Sofia – Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece. 

O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países onde foi lançado. De capítulo em capítulo, de “lição” “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.

  Continuar lendo