hiena capa

(Resenha) Gustavo Ávila – O sorriso da hiena

Sinopse:

Atormentado por achar que não faz o suficiente para tornar o mundo um lugar melhor, William, um respeitável psicólogo infantil, tem a chance de realizar um estudo que pode ajudar a entender o desenvolvimento da maldade humana. Porém, a proposta feita pelo misterioso David coloca o psicólogo diante de um complexo dilema moral.
Para saber se é uma pessoa má por ter presenciado o brutal assassinato dos seus pais quando tinha apenas oito anos, David planeja repetir com outras famílias o mesmo que aconteceu com a dele, dando a William a chance de acompanhar o crescimento das crianças órfãs e descobrir a influência desse trauma na vida delas.
Até onde ele será capaz de ir? É possível justificar um ato de crueldade quando, por trás dele, há a intenção de fazer o bem?

Continuar lendo

refens do medo

Resenha – Aurélio Simões – Reféns do Medo

Sinopse:

O famoso e rico estilista Emílio de Sant esconde um segredo obscuro: ele é adepto de snuff movies, filmes que retratam assassinatos reais. A fim de realizar sua fantasia sádica, contrata uma gangue para assassinar e filmar a morte de Lucas Ellen, um modelo novato no mundo da moda. Dado como desaparecido, sua mãe, Brenda Ellen, após tentar todos os modos possíveis para encontrá-lo, decide ela mesma investigar o caso. Ao descobrir que o filho foi sequestrado e ainda está vivo, localiza um dos sequestradores e o mata. Com medo de seu segredo vir à tona, Emílio ordena uma perseguição implacável atrás de Brenda. Como se não bastasse isso, Braga, um destemido detetive da polícia, também está em seu encalço ao investigar o assassinato do sequestrador. No entanto, nenhum desses empecilhos irá fazê-la desistir. Determinada a encontrar o filho, Brenda está disposta a enfrentar tudo e a todos, mesmo sabendo que isso poderá lhe custar a vida.

Continuar lendo

Capa-EnquantoAChuvaCaia

(Resenha) – Christine M. – Enquanto a chuva caía

Sinopse: Erik não procura mais a garota dos seus sonhos. Vive em busca de adrenalina e de uma razão para continuar cumprindo tarefas obscuras. Ele sabe que é muito bom no que faz e não vê nada que possa ser melhor do que os seus dias repletos de perigo. O que Erik não esperava é que sua paixão por correr riscos seria a sua ruína. Ameaçado, ele precisa fugir para o exterior e viver disfarçado de cidadão comum, trabalhando como advogado em uma grande empresa.
Marina comanda o império da família depois de seu pai ter sucumbido ao mal de Alzheimer. Precisa suportar ver os pais tombarem diante da ação implacável do tempo, enquanto ainda carrega a ferida provocada pela morte do jovem marido. Com o comando das empresas nas mãos, ela percebe que nem todas as atividades da corporação obedecem aos manuais de boa conduta.
Quando ambos se encontram, presente e passado se misturam, dando início a um mistério arrebatador que os atrai a uma paixão incontrolável. No entanto, os segredos, cedo ou tarde, virão à tona e os colocarão em lados opostos da balança.
Nenhum dos dois é inocente, mas será que eles aceitarão as verdades que tanto se empenham em esconder? É possível construir um futuro mesmo depois de descobrir que nesta história não há mocinha nem herói?

Continuar lendo

Capa-O-colega-de-quarto (1)

(Resenha) Victor Bonini – Colega de Quarto

Sinopse

Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento.

Primeiro, um par de chinelos.

Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso.

Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente.

Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento.

Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?

Continuar lendo

Capa-Brochadas

(RESENHA) BROCHADAS – JACQUES FUX

Sinopse: “Tudo aqui é verdade, exceto o que não invento”, adverte Jacques Fux, em forma de epígrafe, em Brochadas. Em sua estreia na Rocco, o autor mineiro, ganhador do Prêmio São Paulo por seu primeiro romance, Antiterapias, mistura as fronteiras entre ficção e realidade para narrar uma “Ilíada da impotência”, remontando ao passado da humanidade e a suas próprias origens em busca de respostas culturais, biológicas, místicas, artísticas e etimológicas para o funcionamento ilógico do pênis. Ao lado da erudição, caminha um humor judaico surpreendente, que perpassa toda a narrativa, costurada pelas lembranças dos amores passados do protagonista e pelos e-mails trocados com suas ex-namoradas. Um romance original que joga com os conceitos de metalinguagem e autoficção e tece uma análise irônica do “eu” na literatura.

Continuar lendo

capa-tempos-extremos (1)

(Resenha) – Tempos Extremos – Mírian Leitão

Sinopse: 

Quantos mistérios uma antiga fazenda perdida entre as serras das Minas Gerais pode guardar? Mistérios que chegam de forma inesperada, revelando passados diversos a uma família dividida por conflitos afetivos e políticos e ali sitiada por causa das chuvas. É o que Larissa, jovem deslocada entre os seus, descobrirá, em uma estranha jornada na qual perseguirá sombras e segredos para encontrar desejos autênticos e entender os próprios sonhos.

No primeiro romance da consagrada jornalista Míriam Leitão, o leitor não encontra espaço para respirar. É uma história de paixões extremas, sobre tempos extremos, urdida com sutileza e convicção. Uma viagem às vezes em quase delírio pelos flagelos da escravidão, no século XIX, e os subterrâneos do regime militar, no século XX. Continuar lendo

O-Amor-nao-tem-leis

(Resenha) O Amor Não Tem Leis – Camila Moreira

Sinopse:

Alexandre Ferraz é um renomado advogado criminalista apaixonado pelo que faz. Além do sucesso inquestionável na carreira jurídica, também usufrui do impacto devastador que provoca nas mulheres a sua volta. E com a sua nova estagiária Maria Clara não seria diferente.

Recém-chegada de uma temporada fora do país, quando acompanhou o então namorado e cantor pop Dereck Mayer em turnê pelo mundo, a estudante de Direito está determinada a cumprir as horas de estágio para finalmente ganhar o diploma, nem que para isso tenha de resistir aos hipnotizantes olhos azuis do dr. Ferraz. Assim como o seu chefe, a jovem leva uma vida descompromissada, curtindo o sexo oposto sem romantismo ou grandes demonstrações de afeto.

O Amor Não Tem Leis traz a arrebatadora história de um homem e uma mulher que buscam, acima de tudo, o prazer, mas que quando colocados frente a frente terão de aprender a lidar com sentimentos até então desconhecidos para eles. O que esperar desses dois? O amor será capaz de transformá-los?

Continuar lendo

Resenha-cicatrizes-de-fogo

(Resenha) A Garota das Cicatrizes de Fogo – Ricardo Ragazzo

Sinopse: Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter oitenta por cento do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomes acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzar na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.

Continuar lendo

Resenha-despedida-de-solteira

(RESENHA) DESPEDIDA DE SOLTEIRA – MILA WANDER

Olá Pessoal!!!!

Estou tão eufórica pois estou estreando aqui como Resenhista no Delírios e Livros (minha primeira resenha solo… Surtandoo!!!!rsrsrs).

Bom, vou falar sobre um livro que li e confesso que foi difícil decidir viu?!

Então escolhi um que gostei… não só gostei, como eu ameiii, ou melhor devorei página por página em um dia. E vou contar sobre essa história linda e envolvente. Apaixonei-me não só pela capa, mas pelos personagens e também por essa escritora nacional, super fofa e linda que é a Mila Wander.

Continuar lendo