a guardiã

(Resenha) Victoria Schwab – A guardiã de histórias

Sinopse:

Imagine um lugar onde, como livros, os mortos repousam em prateleiras. Cada corpo tem uma história para contar, uma vida disposta em imagens que apenas os Bibliotecários podem ler. Aqui, os mortos são chamados de Histórias, e o vasto domínio em que eles descansam é o Arquivo. Mackenzie Bishop é uma implacável Guardiã, cuja tarefa é impedir Histórias geralmente violentas de acordar e fugir do Arquivo. Naqueles domínios, os mortos jamais devem ser perturbados, mas alguém parece estar, deliberadamente, alterando Histórias e apagando seus trechos essenciais. A menos que Mac consiga juntar as peças restantes, o próprio Arquivo sofrerá as consequências.

A Guardiã de HistóriasResenha

Título: A Guardiã de Histórias
Autor: Victoria Schwab
Editora: Bertrand
Nº de Páginas: 322
ESTRELA5

Mackenzie a protagonista e narradora da trama é uma guardiã de Histórias, as Histórias são as memórias vividas pelas pessoas que já morreram, elas são representadas pela própria pessoa, como se fosse um fantasma, só que é diferente, elas podem ser muito perigosas e por isso são guardadas em uma espécie de arquivo que fica localizada em um mundo paralelo e somente as pessoas escolhidas tem acesso a esse lugar. Nesse universo apresentado pela autora, existem brechas onde os escolhidos conseguem entrar através de suas chaves que dão para o chamado Estreito, uma espécie de limbo (um beco escuro estreito cheio de portas que dão acesso ao arquivo). No Arquivo existe os chamados bibliotecários que cuidam do local e das Histórias que ficam arquivadas, mas que por algum motivo desconhecido algumas fogem para o Estreito e a função dos Guardiões é devolvê-las para seu local no arquivo e não deixar que escapem para o mundo Exterior pois elas podem fazer estragos por lá, uma tarefa nem sempre fácil.

Mackenzie e sua família acabaram de se mudar para um prédio centenário para tentar seguir em frente após a perda do irmão caçula, só que esse prédio já foi um hotel e abriga muitos fatos ocorridos no decorrer desses anos e como Mackenzie por ser uma Guardiã de Histórias tem uma certa sensibilidade e consegue ler pessoas e locais ao tocá-los e sua curiosidade que não é nada pequena acaba fazendo por levá-la a descobrir coisas horríveis que aconteceram no local e irá mergulhar em uma grande aventura para desvendar alguns mistérios que ela não esperava ser tão perigosos.

Não vou me estender muito falando da trama espero que só universo criado pela autora já é o suficiente para chamar a atenção. Eu gostei muito do universo criado, da narrativa da autora e consegui ter uma empatia muito forte com a Mackenzie. Apesar do livro ter um desfecho satisfatório eu acredito que ainda tem muita história por vir e parece que será uma trilogia e já estou aqui ansiosa pelos próximos volumes.

Recomendo a leitura a todos que gostem de livros de fantasia urbana e que trate de morte e tenha um clima um pouco sombrio.

escrito por Danielle Peçanha

Danielle Peçanha

33 anos, casada, livros fazem parte da sua rotina. Também ama música, filmes, seriados e estar com a família e amigos.

Deixe um comentário